English

BERNARDES + JACOBSEN


R$ 84,00
Thiago Bernardes e Paulo Jacobsen foram sócios da Bernardes + Jacobsen Arquitetura, um movimentado escritório com sedes no Rio de Janeiro e São Paulo que existiu de 2002 a 2012. Com idades e trajetórias diferentes, eles foram unidos pelo destino: inesperadamente, tornaram-se sócios com a morte trágica de Claudio Bernardes, pai de Thiago e sócio de Jacobsen. Na década em que trabalharam juntos, a dupla dirigiu uma qualificada equipe que realizou cerca de 300 projetos, dos quais 120 foram executados. Eles cresceram ao focar na sede paulistana, que chegou a gerar 70% dos trabalhos.

""A primeira coisa é não desesperar", ensinou Paulo Jacobsen enquanto procurava seu bilhete aéreo, na entrada do embarque do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Ele abriu a carteira, vasculhou o bolso da camisa de linho azul e nada. Enfiou a mão pequena nos bolsos largos da calça de linho cáqui. "Eu perco tudo, mas desta vez está aqui!", alegrou-se. Adentrou o setor de embarque empurrando uma mala de mão preta, cujo tamanho não correspondia ao peso. Olhando os monitores com detalhes dos voos, Jacobsen revelou sua intimidade com ponte aérea: "Portão 9 é o curinga, o embarque vai mudar".
 
 
Sentado sob a mala murcha como um pufe, ele revelou a origem do apelido de infância, Cecedo. "Eu não conseguia falar "Paulo Alfredo"", contou. Filho de uma psicóloga e de um administrador de empresas com mestrado em Stanford, Califórnia, Cecedo é carioca. Seu sobrenome vem de uma família dinamarquesa que imigrou para Brasil vinda dos Estados Unidos." (trecho de "Ponte aérea", de Fernando Serapião)
 


COLABORADORES

Fernando Serapião

O editor de Monolito somou milhas voando na ponte aérea Rio-São Paulo para acompanhar a rotina de Thiago Bernardes e Paulo Jacobsen. Também pegou a estrada para ver as moradas de final de semana e surfou na laje ondulada do MAR.

Juliana Mota

Responsável pela arte de Monolito desde o número sobre habitação social, Juliana contabiliza sete edições nas costas. Formada em design no Senac, ela tem sempre suas preferências: neste mês, sua lista inclui as casas ML, FN e FW.

Leonardo Finotti

Colaborador do livro Claudio Bernardes & Paulo Jacobsen (Capivara, 2009), Finotti foi uma espécie de fotógrafo oficial da BJA, com mais de 40 registros. Todas as fotos de projetos nesta Monolito são dele, incluindo o MAR, quase pronto.

Tuca Reinés

Formado em arquitetura, Tuca começou a fotografar nessa área na década de 1970. Entre os livros de que participou está Arquitetura de Claudio Bernardes (DBA, 1999). Nesta edição, é dele a foto da equipe da BJA na sede paulistana.

Vicente de Paulo

Colaborador de diversas publicações nacionais e internacionais, Vicente de Paulo é um fotografo de moda que também faz retratos. É dele a imagem que captou o espírito de Thiago Bernardes e Paulo Jacobsen na abertura do perfil.


SUMÁRIO

Textos
Perfil: "Ponte aérea", de Fernando Serapião

Obras selecionadas
Casa FW (2003/2007), Guarujá, SP
Agência MPM (2005/2007), São Paulo
Casa JH (2005/2008), São Paulo
Casa DB (2005/2008), São Paulo
Casa RW (2006/2008), Armação dos Búzios, RJ
Casa FN (2006/2008), Bragança Paulista, SP
Casa JZ (2006/2008), Camaçari, BA
Casa JN (2006/2011), Petrópolis, RJ
TIM Festival (2007), Rio de Janeiro
Casa ML (2007/2010), Porto Feliz, SP
Casa BV (2007/2010), Porto Feliz, SP
Sede de mineradora (2008/_), Rio de Janeiro
Museu da Imagem e do Som (2009), Rio de Janeiro
Casa QT (2009/_), Doha, Catar
Museu de Arte do Rio (2010/2013), Rio de Janeiro


Copyright 2011 - 2017 • Editora Monolito • Todos os direitos reservados
Criação de Sites - Célula Ideias