English

HÉCTOR VIGLIECCA


R$ 84,00
Aos 72 anos, Héctor Vigliecca está em sua melhor forma: com entusiasmo de jovem e experiência de veterano, ele marcha obstinado, como um corredor de fundo, para transformar positivamente as cidades com seus projetos. Vivendo há quase 40 anos no Brasil, esse uruguaio conquistou um lugar de destaque na arquitetura brasileira por atualizar o debate e demonstrar uma alternativa de atuação em projetos públicos.

“A dúzia é dois! A dúzia é dois!”, urrava o feirante na xepa, enquanto o concorrente da barraca vizinha retrucava, amplificando o tom: “A prata é 1,50! A prata é 1,50!”. Indiferente à disputa pelos derradeiros fregueses dispostos a encher as fruteiras com pencas de bananas, Héctor Vigliecca aguardou a abertura do segundo portão automático do prédio em que trabalha, no bairro paulistano dos Jardins. Depois, seguiu com destreza por entre pilhas de ovos, percorrendo o labiríntico caminho que leva ao corredor da feira livre montada ali toda manhã de quinta. “Essa feira é tradicional, está há décadas instalada aqui, antes dos prédios”, ele observou. Seu sotaque é caracteristicamente espanhol. Do outro lado da fronteira, contudo, a percepção de sua pronúncia é diversa. Em entrevista que deu para uma rádio de Montevidéu, o apresentador observou, com espanto: “Se nota um acento português muito forte”. Vigliecca respondeu que estava no Brasil havia 40 anos e era casado com uma brasileira. Justificou ainda que as duas línguas eram muito parecidas e que algumas palavras se perdiam com o tempo." (trecho de "O Maratonista", de Fernando Serapião)
 
 
*
 
"O percurso de Héctor Vigliecca e sua equipe sugere algumas observações, alguns destaques.
 
Destaques com o desejo de estimular uma discussão, um debate, capaz de trazer à tona assuntos que, ao longo dos projetos aqui apresentados, reeditam-se, não como repetição, no sentido de “mais do mesmo”, mas como construção de raciocínios que demandam reiteração, para que se aprofundem.
 
O principal deles refere-se a como pensar – e propor para – o território urbano.
 
Tema de constante atualização na bibliografia de outros campos do conhecimento, a cidade tem sido focalizada como o grande locus onde se realizam transformações técnicas, informacionais, do consumo, nos diferentes momentos da produção da vida material." (trecho de "Quando a metrópole eclipsou a arquitetura…", de Lizete Maria Rubano)
 


COLABORADORES

Andrés Otero

Fotógrafo brasileiro radicado na Suíça há mais de uma década, Otero registrou, em cromos 6 × 6, o conjunto Rio das Pedras, em Vila Mara, no começo dos anos 1990 – tinindo, recém-concluído.

Fábio Knoll

Realizado para a Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo, o ensaio fotográfico de Knoll documenta a área ocupada ao redor do que é hoje o Residencial Sílvio Baccarelli, antes da demolição das construções irregulares.

Fernando Serapião

Para captar a essência de Vigliecca – entre goles de Tannat –, o editor de Monolito foi a Montevidéu, pisou na grama cearense que será palco da Copa de 2014 e percorreu os labirintos de Heliópolis.

Leonardo Finotti

Surpreendido pelo Conjunto Bulevar Artigas e pela Unifieo, Finotti é um entusiasta da obra do uruguaio. São dele quase todas as imagens dos projetos construídos do arquiteto.

Lizete Maria Rubano

Professora no Mackenzie, onde divide a sala de aulas com Vigliecca, Lizete organizou o livro Hipóteses do real, sobre os concursos dos quais Vigliecca participou.


SUMÁRIO

Textos
Perfil: "O maratonista", de Fernando Serapião
Artigo: "Quando a metrópole eclipsou a arquitetura…", de Lizete Maria Rubano

Ensaio fotográfico
Fábio Knoll

Obras selecionadas
Complexo Bulevar Artigas (1971/1973), Montevidéu, Uruguai
Sesc Nova Iguaçu (1985/1992), Nova Iguaçu, RJ
Unifieo (1989/1995), Osasco, SP
Rio das Pedras (1991/2003), São Paulo
Rio Cidade II – Ramos (1997/1999), Rio de Janeiro
Reurbanização Oscar Freire (2001/2007), São Paulo
Reurbanização 25 de Março (2001), São Paulo
Área de Portais/Colinas D’Oeste (2006/2010), Osasco, SP
Requalificação Bairro Bonfim (2007), Osasco, SP
Projeto urbanístico das antigas oficinas ferroviárias e do aeródromo (2008/2009), Rio Claro, SP
Arena Castelão (2008/2012), Fortaleza
Parque Novo Santo Amaro 5 (2009/2012), São Paulo
Residencial Sílvio Baccarelli (2009/2013), São Paulo


Copyright 2011 - 2017 • Editora Monolito • Todos os direitos reservados
Criação de Sites - Célula Ideias