English

STUDIO ARTHUR CASAS


À frente de um estúdio de arquitetura com sedes em São Paulo e Nova York e mais de 40 colaboradores, Arthur Casas completa 30 anos de trabalho em 2014 atravessando sua mais estimulante fase profissional. Se ele começou na década de 1980 como decorador e designer, sua notoriedade foi estabelecida nas duas décadas seguintes. Recentemente, ele subiu mais um patamar: além de conseguir com frequência encargos de arquitetura, seu estúdio ganhou quatro disputados concursos para projetos públicos.

“Quem pagou o protótipo?”, questionou uma arquiteta do Studio Arthur Casas enquanto descascava uma banana nanica sem tirar o olho do telão. Às 8h36 da manhã, a sala de reuniões do escritório de arquitetura no Pacaembu estava lotada, com 23 arquitetos transbordando pela recepção. A atenção da trupe se dividia entre o slide e as frutas, pães, sucos e frios do aparador. “Cema, faz um sanduíche?”, Arthur Casas pediu para a copeira. Ele tem 52 anos de idade e vestia calça jeans e camisa polo preta. Um foulard  preto no pescoço completava a indumentária de uma sexta-feira de março passado. 
 
A morena de cabelos longos e olhos tristes respondeu que foi o cliente quem pagou o protótipo. De pé, ela apontou no telão os detalhes da joalheria e contou que o protótipo testou uma alternativa econômica para a vitrine. O desafio foi reduzir 30% do custo e tornar viável sua reprodução. (trecho de "O (malvado) favorito", de Fernando Serapião)
 
 
*
 
Durante o encontro, outra equipe apresentou duas casas em construção: enquanto a morada do interior foi seguida de elogios comprovados por imagens, a do litoral foi só encrenca. “Quem é a construtora?”, alguém quis saber o nome da empresa-problema. “Pessoal, isso é muito sério. Temos que tomar cuidado, pois uma situação assim acaba com nosso trabalho”, Arthur Casas interveio balançando a perna direita e fazendo um som quase imperceptível entre o piso de madeira clara e o solado de borracha do tênis de velejar. “Quero que vocês contabilizem quantas horas perdemos com relatórios para consertar problemas de construção. Você centraliza estas informações?”, ele perguntou para Marilia Pellegrini, a arquiteta capixaba que dirige o escritório. “Quero ver os números no próximo encontro.” 
 
Tradição recente, o café da manhã coletivo de sexta-feira ocorre para que as equipes apresentem os trabalhos, trocando experiências em relação a fornecedores, produtos, clientes e soluções. Entre um pedaço de bolo de fubá e um gole de suco de laranja, críticas e elogios se multiplicam como vírus. (trecho de "O (malvado) favorito", de Fernando Serapião)
 
 


COLABORADORES

Erieta Attali

Depois de participar da edição inaugural da Monolito com fotos de obra de Angelo Bucci, a fotógrafa grega radicada em Nova York volta às páginas da revista com imagens do tríplex da Urca desenhado por Casas.

Fernando Guerra

Fotógrafo especializado em arquitetura, Guerra é português e sua rotina é repleta de viagens para documentar boa arquitetura. Nesta edição, saíram de sua máquina quase todas as imagens das obras concluídas do Studio Arthur Casas.

Fernando Serapião

O editor da Monolito acompanhou o dia a dia de Arthur Casas para registrar com palavras o momento atual de sua trajetória, o mais interessante nos 30 anos de carreira do paulistano.

Leonardo Finotti

Habitué das páginas da Monolito, Finotti, em vez de registrar luz, sombra e proporções da arquitetura, nesta edição ele retrata Arthur Casas em seus dois ambientes profissionais: nos escritórios de São Paulo e de Nova York.


SUMÁRIO

Texto
Perfil: "O (malvado) favorito", de Fernando Serapião

Obras selecionadas
Apartamento Urca (2008/2011), Rio de Janeiro
Condomínio Baleia (2008/2012), São Sebastião, SP
Casa FC (2009/2012), Itu, SP
Casa K (2009/2012), São Paulo
Hotel Joá (2010), Rio de Janeiro
Casa AL (2010/2013), Rio de Janeiro
Mistral (2009/2010), São Paulo
Design (2006/2011)
Largos do Pelourinho (2012/_), Salvador
Campus Cabral (2012/_), Curitiba
Edifício VN Ferreira Lobo (2012/_), São Paulo
Edifício Morás (2013/_), São Paulo
Edifício Único (2013/_), São Paulo
Novo Centro Administrativo do Estado (2013/_), São Luís
Pavilhão do Brasil na Expo Milão 2015 (2014/_), Milão, Itália


Copyright 2011 - 2017 • Editora Monolito • Todos os direitos reservados
Criação de Sites - Célula Ideias