English

FGMF ARQUITETOS


R$ 89,00
Completando 15 anos de vida, o FGMF Arquitetos ostenta no currículo mais de 80 prêmios concedidos a obras dos mais diversos programas, desde casas minúsculas até prédios de escritórios, passando por indústrias e espaços comerciais. A jovem empresa é liderada por um trio que faz uma tabela invejável desde o tempo da faculdade: Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, todos com menos de 40 anos de idade.

No meio da manhã, Lourenço Gimenes passou em revista o staff do FGMF Arquitetos, parando três vezes para analisar projetos em desenvolvimento. De pé, escutava os comentários das colaboradoras, que permaneciam sentadas apontando os monitores nas bancadas coletivas. Antevendo o momento certo, a secretária se levantou e chegou perto do patrão. Ela fez seu apelo atingir o 1,92 metro de altura de Gimenes, sussurrando:
 
– Podemos pendurar umas bandeirinhas?  
 
– O quê? – ele questionou, entre enérgico e atordoado.
 
– Decorar o escritório para a Copa… – ela argumentou pronunciando em tom inaudível o nome do evento esportivo mais aguardado do ano.
 
– Ah, sim. Claro, pode pendurar – ele autorizou, firme, apostando no #vaitercopa 30 horas antes do início da competição. 
 
Ele subiu a escada em direção à sala que divide com dois sócios enquanto o ambiente, quase instantaneamente, foi enfeitado por toda sorte de bibelôs verdes e amarelos. “Rápido, antes que ele mude de ideia…”, alguém gracejou baixinho. (trecho de "#fasedegrupo", de Fernando Serapião)
 
 
*
 
O projeto para esta estância de lazer teve como principal desafio a conciliação das particularidades do programa, das condicionantes impostas pelo cliente – a casa térrea, com a exuberância da natureza: um sítio de 22 alqueires em uma área de interesse ambiental, dos quais 65 mil metros quadrados localizados em uma das cotas mais altas da região constituem o terreno para a intervenção.
 
Os arquitetos Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, sócios quando ainda eram estudantes na FAU/USP, onde se formaram entre 2001 e 2003, enfrentaram a tarefa com firme propósito investigativo, com especulações em todas as direções: funcional, tecnológica, plástica, ambiental e construtiva, sendo os responsáveis também pela execução.
 
O impacto da paisagem local é sem dúvida o dado mais relevante deste projeto, de cuja tensão entre obra e natureza emerge a beleza. Ora se integrando, ora se contrastando, as edificações que acolhem o extenso programa encaixam-se entre as variações da topografia tal como nuvens enclausuradas entre montanhas, preenchendo os vazios, no sentido de completude de uma nova natureza que esse lugar adquire. (trecho de "A Casa Grelha", de Mônica Junqueira de Camargo)
 


COLABORADORES

Ana Ottoni

Enquanto corria no Mineirão o jogo entre Inglaterra e Costa Rica, Ana retratou os três sócios do FGMF no Corujas, na Vila Madalena. A foto é mais quente do que o morno 0 × 0 da fase de grupo.

Fernando Serapião

Com a tela do computador dividida entre os textos e os jogos da Copa, o editor da Monolito acompanhou a rotina do FGMF e andou mais de 840 quilômetros para conhecer de perto os trabalhos do trio.

Fran Parente

Parente definiu o enquadramento de três obras apresentadas nesta edição. No alto da grua, documentou a construção do Corujas. Atualmente, ele está radicado em Nova York.

Ivo Magaldi

Antes de criar o 23 Sul, Magaldi trabalhou no FGMF. Na ocasião, fotografou, em preto e branco, a construção da Casa Grelha. Na Monolito, suas fotos ilustram o artigo de Mônica Junqueira de Camargo sobre a casa.

Rafaela Netto

São dela as imagens de cinco obras, incluindo a Casa Grelha e o Corujas e as inéditas casas de Bauru, Botucatu e Campinas. Amiga de longa data do trio, Rafaela mergulhou nas imagens de arquitetura guiada por Nelson Kon.


SUMÁRIO

Texto
Perfil: "#fasedegrupo", de Fernando Serapião
Artigo: "A Casa Grelha", de Mônica Junqueira de Camargo

Obras selecionadas
Projeto Viver (2003/2005), São Paulo
Escola pública (2007/2008), Várzea Paulista, SP
Casa Grelha (2005/2007), São José dos Campos, SP
Kaze Paulista (2008/2009), São Paulo
Casa Natura (2009/2011), Santo André, SP
Casa para Dois Cirurgiões (2009/2014), Botucatu, SP
Casa das Pérgolas Deslizantes (2012/2014), Bauru, SP
BPGM Advogados (2008/2010), São Paulo
Casa da Costeira (2010/_), Ilhabela, SP
Edifício Corujas (2012/2014), São Paulo
Museu do Aço Inda (2012/_), São Paulo
SIA Brasília (2011), Brasília
Casa Cafezal (2011/2014), Campinas, SP
Edifício Tetrys (2013/_), São Paulo
SKR Mourato (2014/_), São Paulo


Copyright 2011 - 2017 • Editora Monolito • Todos os direitos reservados
Criação de Sites - Célula Ideias