English

AFLALO & GASPERINI – O DESENHO DA CIDADE


R$ 84,00
Aflalo & Gasperini completa 50 anos em plena atividade. A equipe liderada por Gian Carlo Gasperini, Roberto Aflalo Filho e Luiz Felipe Aflalo atravessa uma das fases mais produtivas, com edifícios de diversas escalas e usos. Contudo, há uma concentração de enormes conjuntos de uso misto de até 600 mil metros quadrados de área construída. Mais que a escala, o que chama a atenção no trabalho atual da equipe é o foco no desenho da cidade, criando espaços de uso público que atravessam diferentes empreendimentos privados.

Entre os projetos recentes que o escritório Aflalo & Gasperini está desenvolvendo, destaca-se uma série de projetos entre a avenida Chucri Zaidan e a marginal do Pinheiros, na zona sul de São Paulo. Os projetos são para empreendedores diferentes e os senhores estão tentando que os conjuntos tenham continuidade no térreo com trânsito livre de pedestres, é isso?
 
Roberto Aflalo O que estamos discutindo nesses empreendimentos diferentes é praticamente a quadra inteira e a preocupação em como ligar os térreos de maneira que se tenha fruição e percepção de um espaço contínuo. Isso parte não somente da proposta do paisagismo como também de mediação entre aos nossos diversos clientes para superar questões condominiais, segurança, custos, logística de obra, para que tudo dê certo. Ou seja, o sucesso dessa ideia dependerá de uma costura entre as partes. (trecho de "O desenho da cidade", por Fernando Serapião)
 
 
*
 
Enquanto a cidade conviveu por meio século com a simetria, de tom ocre e molduras de travertino que caracterizavam a casa por fora, do lado de dentro a fortuna dilui-se em brigas familiares. O conde Chiquinho morou ali até morrer, nos fins dos anos 1970. Permaneceram na Paulista por mais uma década a viúva e sua caçula Maria Pia, escolhida para conduzir os negócios. Até que em 1987 elas se moveram por 2,4 quilômetros e foram viver em um apartamento neoclássico na rua da Consolação (o testamento rezava que a casa só poderia ser vendida três anos após a morte da viúva, que ocorreu em fevereiro de 1996, aos 91 anos). (trecho de "A milésima segunda proposta da avenida paulista", de Fernando Serapião)
 


SUMÁRIO

Textos
Entrevista: "O desenho da cidade", de Fernando Serapião
A história do projeto: "A milésima segunda proposta da avenida Paulista", de Fernando Serapião

Obras selecionadas
Chucri Zaidan
Rochaverá (1999/2011), São Paulo
Morumbi Corporate (2008/_), São Paulo
WT Morumbi (2009/_), São Paulo
Parque da cidade (2010/_), São Paulo
Eco Berrini (2007/2011), São Paulo
Praça JK 1600 (2007/2012), São Paulo
Torre Matarazzo (2007/_), São Paulo
Infinity (2008/2012), São Paulo
Biblioteca São Paulo (2009/2010), São Paulo
Serramar Parque Shopping (2009/2011), Caraguatatuba, SP
Berrini One (2010), São Paulo
Edifício Odebrecht São Paulo (2008/_), São Paulo
FL 4300 (2009/_), São Paulo


Copyright 2011 - 2017 • Editora Monolito • Todos os direitos reservados
Criação de Sites - Célula Ideias